quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Luiza

Luz,
manhã clara.
Quando chegou
iluminou
nossas vidas
com o encanto
do amanhecer,
nas veredas floridas.
Menina e mulher,
por onde passar
e onde estiver,
sua graça será
ser sempre
luz.


Maria Inês/2002

3 comentários:

Anônimo disse...

brigadão, Mãe!!!

Te amo muito!!

bjs,

da Luiza da sua poesia.

Eddie disse...

eu amo essa poesia!

Maria Inês disse...

Você é minha Luz, linda!