sábado, 9 de junho de 2012

Metáfora

 

 

5

 

Technorati Marcas:

 

Metáfora

 

Muitas vezes sou mulher

Em outras, eu sou menina.

Às vezes sou metáfora

Outras tantas, metonímia.

Raras vezes, prosa e verso.

Outras, quem diria?

De tantos modos diversos

já fui até poesia!

Tantas vezes fui de paz

Outras tantas, só conflito!

Quem dera, fosse silêncio

no desespero de um grito?

Quantas vezes fui presença

Em outras, me fiz ausente.

Mas só mesmo na distância

É que me fiz mais presente

Mas de todos os modos que eu pude

Conjugar o verbo viver

A forma mais que perfeita

Que traduziu meu ser

Foi a graça e a plenitude

Que Deus pode me conceder.

2 comentários:

Rezinha disse...

Nossa, que coisa mais linda!! Estava mesmo inspirada, hein?
Beijos.

Maria Inês disse...

Obrigada, menina!
Continue acompanhando as publicações.
Beijos!