terça-feira, 21 de abril de 2015

Céu de Abril


Queria ser como os pássaros.
Eles, que a cada dia
deixam um rastro de alegria,
pelo céu, onde passar.
Em meio a gritaria
sem fim
parece que chamam
por mim
num cenário espetacular.
Eu, que antes incrédula
reconheço, enfim,
no encanto do céu de abril
a presença de Deus,
que posso agora contemplar.
Maria Inês Carpi/2013Imagem: Felipe J. Cherem

Fonte de Amor


O desejo que em mim habita
mais que nunca, hoje grita,
quisera correr, 
dançar.
Ainda há tempo,
minha alma, então,
se agita,
no ser onde
habita,
manancial de águas,
bendita
fonte de amor,
que não se cansa
de amar.